Orquestra Sinfônica de Jerusalém

Scharovsky / Zorman

Yeruham Scharovsky, regência
Itamar Zorman, violino

Programa:

Theatro Municipal do Rio - 19 de agosto e Sala São Paulo - 20 de agosto
Mark Lavry
Danza Hora (do poema sinfônico Emek)
Tchaikovsky Concerto para violino em Ré maior, op. 35
Dvořák Sinfonia Nº 7 em Ré menor, op. 70

Sala São Paulo - 21 de agosto
Mark Lavry
Danza Hora (do poema sinfônico Emek)
Felix Mendelssohn Bartholdy Concerto para violino em Mi menor, op. 64
Brahms Sinfonia Nº 1 em Dó menor, op. 68

Em 1948, foi criado o Estado de Israel, que está completando 70 anos de vida. Juntamente com ele surgia a Orquestra Sinfônica de Jerusalém, que além de seus superlativos dotes artísticos, sempre atuou como embaixadora cultural do país, levando a todo o mundo uma mensagem de paz e boa vontade.

Comemorando esses 70 anos de intensa atividade musical, a Orquestra Sinfônica de Jerusalém está preparando uma turnê que passará por São Paulo e Rio de Janeiro. Criado no final dos anos 1930 como Orquestra da Rádio Jerusalém, com a constituição do novo Estado judeu, o conjunto sinfônico passaria a chamar-se Orquestra Kol Israel da Rádio Nacional. Hoje a Orquestra Sinfônica de Jerusalém se coloca entre as mais conceituadas do mundo.

Na atual turnê o conjunto terá à sua frente Yeruham Scharovsky, seu diretor artístico e principal regente desde 1984, e um velho conhecido do público brasileiro desde 1998, quando foi diretor artístico da Orquestra Sinfônica Brasileira.

A Orquestra trará como músico convidado o violinista Itamar Zorman, vencedor do Concurso Internacional Tchaikovsky de 2011, e 1º Prêmio no Concurso Internacional de Violino de Freiburg de 2010.

Duração : 90 min com 1 intervalo