Orquestra de Câmara do Conservatório Central da China

Vitrine de uma das mais importantes escolas de música do mundo, o Conservatório Central da China é o criadouro para onde são enviados todos os talentos musicais descobertos tanto nas grandes cidades, quanto nas menores províncias e povoados do país. Ninguém ignora as dimensões continentais daquela que é hoje a segunda economia do mundo, nem a importância que ela dedica ao cultivo das artes, especialmente da música.

Na China o ensino da música é mandatório em todos os níveis do aprendizado. Imagine-se agora a imensa peneira acionada na triagem dos melhores dentre os melhores. Pois são exatamente esses que são enviados para o Conservatório Central da China. Não é à toa que o país vem revelando, nas últimas décadas, um sem número de solistas do mais alto nível, todos eles se distinguindo por uma técnica titânica. Basta nos lembrarmos de dois de seus ex-alunos, hoje grandes astros internacionais do piano: Yuja Wang e Lang Lang.

Ano passado o Conservatório decidiu expor para todo o mundo a qualidade de seus “produtos”, prontos para serem “consumidos” nos mais refinados cardápios. Assim nasceu a Orquestra de Câmara do Conservatório Central da China, integrada por jovens instrumentistas vencedores de uma série de prêmios em concursos de música de todo o país, com alto padrão e acabamento primoroso.

Além da exibição de seus pupilos, a Orquestra tem ainda a responsabilidade de divulgar a herança musical chinesa e seus novos compositores, como faz em Moonlight Over Oceans and Nations (MOON), programa apresentado em sua turnê brasileira.