Murmures des Murs

Um espetáculo de Victoria Thierrée Chaplin com Aurelia Thierrée

Uma mulher em fuga, sua vida embalada em caixas de papelão. Em mudança. Nesta continuação do internacionalmente aclamado Oratório de Aurélia, o mistério domina e Aurélia é perseguida através de edifícios abandonados e ruas que não levam a lugar nenhum; as paredes se fecham enquanto ela fica imersa em trechos da vida de outros. Murmures des murs... e se as paredes pudessem sussurrar? O que elas diriam? Paredes que podem encarcerar ou proteger. Onde reside a memória?

Uma viagem de romance turbilhonante, confusão na cidade, encontros submarinos e debacles na sala de jantar, narrados através de um misto de ilusão e linguagem visual única de Victoria Chaplin.

“Impulsionada por noções de percepção ilusórias, fragilidade psicológica e romance fugaz, esta segunda produção apresenta maior ressonância emocional.” The London Times – Donald Hutera