Bamberg Symphony

Jakub Hrůša / Piotr Anderszewski

Jakub Hrůša, regente
Piotr Anderszewski, piano

Programa

Ludwig van Beethoven Concerto para piano Nº 1 em Dó maior, op. 15
Anton Bruckner Sinfonia Nº 4 em Mi bemol maior – “Romântica”, A 95

A história dessa tradicional orquestra formada em 1946 demonstra sua grandeza. Integrada principalmente por ex-membros da Orquestra Filarmônica Alemã de Praga acrescida de colegas que fugiam da guerra e de suas consequências. Juntos, fundaram a Orquestra de Músicos de Bamberg, logo após renomeada como Sinfônica de Bamberg. Sua linhagem pode ser rastreada da Orquestra de Praga até os séculos XIX e XVIII, chegando a Mozart e Mahler. Até hoje já atuou em mais de 7 mil concertos em mais de quinhentas cidades de sessenta e três países.

Expoente cultural da cidade alemã de Bamberg, é uma das orquestras que mais empreendeu turnês ao exterior do país: desde 1946 ela vem encantando o público em todo o mundo com sua peculiar sonoridade escura, arredondada e brilhante. Seu repertório inclui, além das obras clássicas e românticas, criações contemporâneas.

Desde setembro de 2016 a Sinfônica de Bamberg tem o tcheco Jakub Hrůša como seu quinto Regente Principal. Sob sua liderança, se reafirma como um elo vivo das raízes históricas da Sinfônica de Bamberg com o seu presente.